de cabelo em pé

23/10/2007 at 12:40 pm (Uncategorized)

cabelo-em-pe.jpg

Uma vez eu tava passando com a minha mãe, de carro, em uma rua muito íngreme aqui em Curitiba, e que fica perto da casa que eu morava na minha adolescência. Daí eu comentei com ela de que eu e meus amigos descíamos aquela rua íngreme e com curvas sem nenhuma visibilidade, apostando corridas a toda velocidade. Ao que minha mãe respondeu: “Nossa! O anjo da guarda de vcs devia ficar de cabelo em pé!!!!” Graças a Deus ele existe, e estava lá para nos proteger. Digo isso com toda certeza, pois nunca sofremos nenhum tipo de acidente, por incrível que pareça, nessas corridas.

Com o tempo, esse tipo de brincadeira vai perdendo a graça, mas o gosto pelo perigo dificilmente se vai. Vê-se isso pelo sucesso que hj os esportes radicais fazem entre a molecada e até mesmo entre nós, adultos. Mas as opções são bem maiores, hj temos bunge jump, base jump, para glider e outras coisas malucas para sentir a adrenalina. Mas mesmo assim confesso que ainda tenho vontade (o que falta é tempo) de ir até o parque São Lourenço e andar de carrinho de rolimã…

Pode até parecer criancice, mas é verdade…

Link permanente 2 Comentários

The halls game

09/10/2007 at 8:41 pm (Uncategorized)

halls5.gif 

Finalmente post novo de novo, eu sei… mas agora as atualizações serão mais frequentes, pois estou com minha própria conexão… huahuahuahuahuahua…

Esses dias eu estava conversando com dois amigos meus e de repente um deles me ofereceu um halls de limão com cristais de morango, infelizmente tive que recusar pois estava com um halls preto na boca, e acabei comentando que gostei da propaganda com o “halls game” e que tinha me imaginado na situação daqueles carinhas, mas falei isso me achando o mais maluco dos malucos. Mas como em alguns lugares do mundo sempre tem alguém mais maluco que a gente, descobri não só que o pensamento foi comum para os dois, mas também que inclusive um deles tinha ficado um bom tempo treinando em casa para fazer os mesmos movimentos feitos na propaganda!!!!!!!!!! Logicamente que o riso foi geral e eu me senti mais aliviado, mas mesmo assim ainda fiquei com uma dúvida na minha cabeça: o que leva um ser criado por Deus a ter um comportamento assim??? Sinceramente até hoje não consegui obter resposta nenhuma… mas pelo menos descobri que não sou tão louco como pensava, agora, se isso é bom ou ruim, não faço a mínima idéia…

Link permanente 2 Comentários